FAKETOWN -- um mundo além do arco-íris

Você sabe onde fica FakeTown? Não adianta ter GPS, não adianta procurar no GoogleEarth, não adianta procurar em nenhum Atlas. Ainda assim, pra que você se localize, pense que FakeTown fica à direita de Tlön e à esquerda de Uqbar. E, enfim, sendo um lugar que nunca está, talvez seja um lugar que nunca será.

10.18.2004

POÉTICA

POÉTICA
arte? É uma família de fantasmas antepassados.

o resto? não é belo nem pálido
não é contra, não é salto
é remédio (ainda) desencontrado

poesia? é uma amiga que sobrevive longe, e às vezes manda lembranças.

o resto? não tem importância (ainda que assim a vida não se faça), é uma coleção de fatos,
é o gosto sem espaço, pingo sem i, puro traço gasto: descansaço: bafo: o enésimo dia do barro

poeta? é uma mão que embaralha as vistas tão claras do homem. mas é também o inverso: quimera racionalizada.

o resto? é a outra mão que (trapaceira) soletra o mundo, cantárida desastrada

poema? é o centro momentâneo do universo.

o resto? é a órbita escusa: é o que não tem musa (é o que desencanta e desconversa). cores dissimuladas, sincronias mórbidas, bocas descaradas. desdesígnio. antiinsígnia. redesvio

: vida atraversada
: desidério

desafio


(Orlando Lopes)